terça-feira, 5 de abril de 2011

PÁSSARO VAGABUNDO

Nunca sei
quando o pássaro vagabundo
entra por minha alma
adentro

mas gosto que chegue
me inquiete
e me diga coisas
que ninguém diz

Depois
agradeço-lhe
ele parte livremente
e fico à espera

à espera
que ele volte










 

6 comentários:

Manela disse...

é mesmo isto que se deve deixar aos pássaros: a liberdade de voar...
gostei imenso.

maria joão alfaia mendes disse...

tbém quero um pássaro amigo assim.....mtooooo!

Paula Lourenco disse...

Divinal...voei nas tuas palavras,beijinhos ,Paula Oz

manuela jorge disse...

11os pássaros que vejo da minha janela a cada manhã .... são vagabundos também.

Maria Antónia disse...

Ele parte livremente e fico à espera
à espera que ele volte... Apetece-me voar!!!

Maria Antónia disse...
Este comentário foi removido pelo autor.